Curiosidade sobre Império Romano

Peregrinacultural's Weblog

imprio-romano-4-728

Este é o mapa do Império Romano no seu auge. por volta do ano 117.

Uma das maneiras de medir a grandeza de Roma está em saber que no auge do império romano era possível viajar da Escócia até o Eufrates — coisa de 5.700 Km — falando uma única língua, usando uma única moeda, sob um único sistema legal em toda segurança.

viagem

Ver o post original

A Short Analysis of T. S. Eliot’s ‘Hamlet and his Problems’

Interesting Literature

A summary of an influential essay

‘Hamlet and his Problems’ is one of T. S. Eliot’s most important and influential essays. It was first published in 1919. In ‘Hamlet and his Problems’, Eliot makes the bold claim that Shakespeare’s play Hamlet, far from being a triumph, is an artistic failure. Why? Eliot is being provocative with such a statement, but he does provide some reasons for this position. In this article, we’re going to analyse Eliot’s essay, which you can read here.

In summary, Eliot’s argument in ‘Hamlet and his Problems’ is that Shakespeare’s play is a ‘failure’, but the play has become so familiar and ubiquitous as a work of art that we are no longer able to see its flaws. This bold revisionist claim is founded on several points, not least of which is the fact that Shakespeare inherited the original play-text of Hamlet from another…

Ver o post original 712 mais palavras

“Patria” es ya uno de los libros de un autor vasco más vendido en décadas

QuéLeer

Sólo ‘Todo esto te daré’ de Dolores Redondo supera al volumen de Fernando Aramburu,que ha alcanzado los 200.000 ejemplares en medio año.

‘Patria’, la novela de Fernando Aramburu sobre la fractura social creada por el terrorismo de ETA, no es solo el libro más vendido en Euskadi y España en los primeros tres meses de 2017. Es también la obra de autor vasco más exitosa en las últimas décadas, solo superada por ‘Todo esto te daré’ de Dolores Redondo, ganadora del último premio Planeta, y que ya ha superado los 260.000 ejemplares. El libro de Aramburu, que salió a las librerías a comienzos del pasado septiembre, lleva vendidos ya alrededor de 200.000 y sigue encaramado al primer puesto de las listas de ventas en casi todo el país.

Desde ‘Obabakoak’ de Bernardo Atxaga, y al margen de la literatura de género –donde el fenómeno de Dolores Redondo no tiene…

Ver o post original 567 mais palavras

A expressão Tchê!

Universo Nerd

Sotaques e regionalismos na hora de falar são conhecidos desde os tempos de Jesus. Todos na casa do sumo sacerdote reconheceram Pedro como discípulo de Jesus pelo seu jeito “Galileu” de se expressar.

No Brasil também existem muitos regionalismos. Quem já não ouviu um gaúcho dizer: “Barbaridade, Tchê”? Ou de modo mais abreviado “bah, Tchê”?
Essa expressão, própria dos irmãos do sul, tem um significado muito curioso.
Para conhecê-lo, é preciso falar um pouquinho do espanhol, dos quais os gaúchos herdaram seu “Tchê”.

Há muitos anos, antes da descoberta do Brasil, o latim marcava acentuada presença nas línguas européias como o francês, espanhol e o português. Além disso o fervor religioso era muito grande entre a população mais simples.

Por essa razão, a linguagem falada no dia, era dominada por expressões religiosas como: “vá com Deus”, “queira Deus que isso aconteça”, “juro pelo céu que estou falando a verdade” e…

Ver o post original 179 mais palavras

Maria Adélia Menegazzo: Da Tristeza tropical (Crônica)

liberdadeliberdade2

éder

28/03/2017

maria adélia2Maria Adélia Menegazzo* / Correio do Estado

De tudo o que vem acontecendo não dá para ter certeza de nada. O imponderável começa por levar a melhor. O que podemos contra o desencanto e o desemprego? O que nos recusamos do que já temos e do que nos andam retirando de crenças e direitos? O novo, que não se vislumbra, e o velho, que não se renova? Os trabalhos e os dias estão incertos e a esperança, esta será, ainda, a última que morre?

Converso com pessoas que têm as mais diversas formações e trabalhos e, nos últimos dias, parece que a coisa virou. Ninguém para dizer que tudo vai bem no melhor dos mundos possíveis. Impossível cultivar, panglossianamente, um jardinzinho que seja.

Nem a versão mais comum de Poliana tem tido vez. Policarpo Quaresma, então, desistiu de manter seu sítio e tocar modinha no violão, há muito tempo…

Ver o post original 308 mais palavras

LULA RECEBE JOVENS SINDICALISTAS DA ALEMÃES EM SÃO PAULO

Uma delegação de jovens lideranças da IG Metall, central sindical alemã, visitou o Instituto Lula em São Paulo na tarde desta terça-feira (27). Eles foram recebidos pelo presidente do Instituto, Paulo Okamotto, e pelo ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Numa conversa que durou cerca de duas horas falou-se sobre a solidariedade histórica dos metalúrgicos alemães com o movimento sindical brasileiro, o golpe parlamentar-midiático no Brasil,  o fortalecimento do Partido Social Democrata (SPD) alemão, relações internacionais e sobre o ataque aos direitos dos trabalhadores que têm ocorrido no Brasil.

Instituto
Após o término de seu segundo mandato, Lula elegeu como eixos principais de trabalho no Instituto Lula o fortalecimento das relações do Brasil com a América Latina e o intercâmbio de tecnologias sociais com a África. Esses dois temas vieram à tona em perguntas dos alemães que queriam saber como o Brasil poderia encontrar uma alternativa para o crescimento sem…

Ver o post original 398 mais palavras