Fotos inéditas mostram a vida na União Soviética durante a década de 1950

VIVIMETALIUN

O major norte-americano Martin Manhoff trabalhou na embaixada dos EUA em Moscou de 1952 a 1954, quando foi deportado por acusações de espionagem. Durante esses dois anos, ele viajou muito e fez centenas ou milhares de registros fotográficos, que ficaram escondidos por mais de 50 anos.

Um historiador norte-americano chamado Douglas Smith encontrou o arquivo em um armário na casa onde a viúva de Manhoff morava até falecer pouco tempo atrás. Ele diz ter passado os últimos meses catalogando e digitalizando o material, que pretende tornar público em breve. Mas já liberou alguns aperitivos (sem especificar onde cada imagem foi feita).

16195613_10155847883604625_3273564763317777645_n

São imagens de pessoas levando a vida normalmente em algumas cidades da União Soviética: a maioria em Moscou, mas também em Kiev, Leningrado (atual São Petesburgo), Murmansk e Ialta, além de pontos da ferrovia Transiberiana. O acervo inclui até um filme de 15 minutos do funeral de Joseph Stalin…

Ver o post original 35 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.