Contra pressão, Temer sanciona terceirização e põe fim à CLT | Brasil 24/7

Ignorando o protesto de milhares de brasileiros nesta sexta-feira 31, que foram às ruas contra a reforma da Previdência e a Terceirização, Michel Temer sancionou o projeto sem salvaguardas aos trabalhadores, com apenas um veto, ao trecho que permitia que o trabalho temporário fosse prorrogado para até 270 dias; a previsão para que o texto fosse sancionado era daqui 15 dias, mas Temer se adiantou para fugir da pressão de parlamentares do próprio PMDB; o principal crítico da proposta era o líder do partido no Senado, Renan Calheiros; um grupo de senadores peemedebistas pediu também em carta para que o projeto não fosse aprovado

Fonte: Contra pressão, Temer sanciona terceirização e põe fim à CLT | Brasil 24/7

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.