Surtada

Sacudindo as ideias

A situação pela qual passo, não é novidade para ninguém. Quem nessa vida já não passou nervoso com prestação de serviços? Quem já não perdeu a esportiva diante de uma compra e o não recebimento da mercadoria? Quem nessa vida já não sofreu um golpe muito bem dado por espertalhões que, enxergam em você, o pato da vez?

Escrevo essas linhas no sentido de expor minha indignação e frustração que venho acumulando desde o  ano passado. Sofro de um mal: ser correta e honesta em dias atuais onde, ser esperto, ganancioso e mentiroso, é o lema da vez. Quem assim atuar ganha dinheiro e status de “Gente fina” ou “Celebridade”.

Num país onde impera a roubalheira sem fim, corrupção e outras cozitas más, nada mais natural que uma alma pura (quase) e crescida nos valores do bem que seus pais e avós exemplificaram, banque a Pata da vez.

E banquei…

Ver o post original 408 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.