A geração que não lê, mas curte e compartilha (uma providencial reflexão)!

O Bem Viver

Um tema da hora, que merece boa reflexão, é o crescente nível de conexão e interação virtual das pessoas, com intensas trocas de informações e notória dependência dos dispositivos eletrônicos, revelador de altíssima participação dessa turma com as redes sociais, sobretudo por parte dos mais jovens.

Sem dúvida, um fenômeno social impressionante nesses tempos atuais, particularmente no Brasil, que segundo diversos especialistas está provocando, ou acentuando, problemas no comportamento e na saúde de muita gente, como elevação de estresse, do nível de ansiedade e até mesmo de casos de depressão. Quem me acompanha percebe que, ultimamente, tenho feito algumas postagens a esse respeito.

Para enriquecer e facilitar a compreensão desse contexto e suas diversas facetas, reproduzo o texto abaixo, muito interessante, direto e ilustrativo, publicado no Linkedin Pulse, da publicitária e consultora Heloisa Zambianco, destacando que a pressa de compartilhar, de passar adiante a informação, está aumentando o nível de…

Ver o post original 417 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s