Não se atrase!

patriamarga

Andava de bicicleta pelas lindas ruas do meu bairro, enquanto curtia uma música suave e descontraída vinda de meu fone. Canções detalhadamente escolhidas por mim, para desfrutar aquela bela manhã de Domingo.

Sem rumo, sem pressa e nem conclusões precipitadas, apenas seguia em frente com a certeza de ser feliz. Mais nenhuma obrigação, um homem sozinho e sem grandes necessidades inadiáveis para que precisasse voltar rápido para algum lugar.
Bom, de fato, sempre há o que fazer, uma louça para lavar, um quarto para limpar e outras muitas obrigações do dia-a-dia, mas diante de minha solidão… quem se importava?
Estava assim, sentindo o sol ameno daquela manhã pacífica, com ventos leves, num dia perfeito e desejável.
Tinha em mente o privilégio do momento e estava contente por estar ali.
Observava ao longe as pessoas igualmente tranquilas que passeavam pela praça, quando a agradável musica provinda de meu celular foi interrompida…

Ver o post original 581 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s