Suspeitas contra Aécio Neves na Lava Jato vão muito além de Caixa 2

Getty Images

Aécio é suspeito não só de conseguir dinheiro inde.vido para campanhas (suas e de aliados), mas de ter recebido propina diretamente, sem contexto eleitoral.

Alline Magalhães, Jéssica Sbardelotto, Rodrigo Menegat – The Intercept Brasil

“É preciso salvar a política”, disse há pouco mais de um mês o senador mineiro Aécio Neves, presidente nacional do PSDB e derrotado nas eleições presidenciais de 2014 por uma diferença de pouco mais de 3 milhões de votos. Numa mesa com outros sete políticos em volta, num restaurante de Brasília, Aécio prosseguiu no raciocínio, alertando para o risco do surgimento de um “salvador da pátria” em 2018:

“Um cara que ganhou dinheiro na Petrobras não pode ser considerado a mesma coisa que aquele que ganhou cem pratas para se eleger”, disse Aécio, segundo reproduzido por repórteres que testemunharam a cena.

De fato, são coisas diferentes. Mas ambos são crimes. A situação de Aécio, no entanto…

Ver o post original 1.172 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s