Empresários confirmam esquizofrenia | Brasil 24/7

“Alinhando-se com a defesa incondicional das reformas do governo Temer, o presidente da CNI, Robson de Andrade, desperdiça a oportunidade de afirmar sua liderança e questionar uma política econômica que rebaixa o lugar da industria no PIB brasileiro,” escreve Paulo Moreira Leite, colunista do 247; “Não se trata de um caso único. Manifesto de sindicato ligado a construção civil, que entrou em colapso com o desmonte do Minha Casa, Minha Vida, emprega uma linguagem autoritária para dizer que ‘a agenda das reformas deve ser obrigatoriamente implantada'”; para PML, este comportamento mostra que um setor do empresariado encarna um dos traços culturais mais conhecidos da homem brasileiro, diagnosticado por Sérgio Buarque de Hollanda, um dos mais conhecidos intelectuais do país — sentir-se um estranho em sua própria terra”

Fonte: Empresários confirmam esquizofrenia | Brasil 24/7

Aleuia irmãos: acabou a Cracolândia

Blog da Milly

Com frases como “a Cracolândia acabou” e “não vai ter mais Cracolância em São Paulo” a administração de João Doria decretou o sucesso da operação que conduziu com a PM na região paulistana que é uma espécie de centro de usuários de drogas e de traficantes.

Se essa é a solução para acabar com o consumo e com o tráfico então o prefeito de São Paulo precisa avisar o resto do mundo que descobriu como eliminar um dos grandes males da sociedade atual.

Claro que se João Trabalhador, como gosta de ser chamado, for a ONU narrar a operação que sua administração conduziu na Cracolândia ele deixaria a audiência enojada e enjoada.

Tratar o ser humano como barata não pode ser solução para coisa nenhuma. As imagens da auto-aclamada operação na Cracolândia chocam e envergonham. Declarar que a Cracolândia acabou é uma mistura de arrogância, burrice e completa falta…

Ver o post original 427 mais palavras

Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes: Citação a ministros do STF na delação JBS eleva desconforto com juízo na Corte | Brasil | EL PAÍS Brasil

Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes, que aparecem na delação do empresário Joesley Batista, deveriam se declarar impedidos de votar em casos em que são mencionados, sugerem acadêmicos

Fonte: Gilmar Mendes e Alexandre de Moraes: Citação a ministros do STF na delação JBS eleva desconforto com juízo na Corte | Brasil | EL PAÍS Brasil