O escândalo da delação do empresário Joesley Batista, dono do grupo JBS, a segunda maior empresa do país em faturamento (170 bilhões de reais/ano), parece ser a pá de cal no governo Temer. Pela primeira vez na história, um mandatário da Republica é apanhado em flagrante delito. Temer recebeu, em março, no Palácio […]

via Lava Jato atropela Michel Temer e ameaça derrubar o governo. O presidente foi flagrado apoiando pagamentos em troca do silêncio de Eduardo Cunha. Mas este não é o crime maior de Temer: a PGR diz que ele indicou um interlocutor para extorquir o dono da Friboi em 480 milhões de reais. A propina seria paga em 20 anos: 2 milhões de reais por mês. — Carlos Amorim

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s