A beleza está no bem querer

Amor crônico

Quando criança minha avó costumava dizer frases das quais lembro até hoje e às vezes repito: “o saber não ocupa lugar”, “seguro morreu de velho”, “quem ama o feio bonito lhe parece”, “vão os anéis, ficam os dedos”, “beleza não põe mesa”, “a beleza está no bem querer”. Não quero escrever sobre ditados populares. Quero falar de beleza, atração física e amor.

É difícil explicar o porquê as pessoas se interessem umas pelas outras, o que faz com que olhem alguém e sintam atração. Quando desconhecidos se veem pela primeira vez é provável que o que chame atenção é a beleza, a aparência física. Mas isso não é só. Alguns admiram a voz, o jeito de andar, se encantam por alguém que nada tem a ver com o seu padrão de beleza e nem sabem explicar a razão.

Química? Sintonia? Estava escrito nas estrelas? Amor de outras vidas? São tantas…

Ver o post original 280 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.