Sobre omeletes, galos e quintais…

Belo texto

Mira certeira, faca sem ponta - PALAVRAS

ab95c9d86461e018

Nenhuma galinha bota o ovo podre. Ovo galado ou não sempre será vencido pelo tempo. Tem coisa mais fétida e inevitável do que a morte? O pinto, o galo, derrotados.

A vida deve de ser uma busca incessante por um aconchego? Um teto que lhe proteja dos sol e chuva. Uma banheira quente ou uma ducha gelada. O conforto letárgico da engenhoca humana chamada de lar.

A vida não era pra ser mais que chocar um ovo? Era pra ser mais do que ser o ovo galado, o pinto vencido, ou o galo que morreu engasgado com a pipoca enquanto assistia o “The walking dead”.

É por pisar a terra úmida, encarar os insetos, sentir o cheiro das hortaliças, esperar pelas rosas meninas que vivo. Prestando atenção na conversa vadia dos passarinhos. Exercitando a percepção da vastidão que me rodeia. Sempre gostei do fundo do mar, pegar o ar e…

Ver o post original 35 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s