Quite echos — johncoyote

Quiet echos and secluded places A Poem by Coyote Poetry We will hold many penances for things done and missed. Quiet echos and secluded places The coffee shop poet told the young listener. Great oceans rise and fall and the wind cannot be locked up and love is not free. We will decay and […]

via Quite echos — johncoyote

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s