Por que Temer manteve os operadores de Cunha e Geddel na Caixa. Por Joaquim de Carvalho

Este artigo está sendo republicado por motivos óbvios. Pelo menos três nomes que aparecem na investigação da Polícia Federal sobre as traficâncias de Geddel Vieira Lima e Eduardo Cunha na Caixa Econômica Federal continuam em postos chave do banco. Deusdina dos Reis Pereira era diretora executiva de Fundos de Governo e Loterias, subordinada ao vice-presidente […]

Fonte: Por que Temer manteve os operadores de Cunha e Geddel na Caixa. Por Joaquim de Carvalho

Enfraquecido, Temer vai ao G20 para “controle de danos” — Blog do Arretadinho

Após anunciar que não iria à reunião do grupo na Alemanha, presidente voltou atrás. Para analista, custo de não comparecimento teria sido alto demais para imagem do governo e do país como ator global.Dez meses após estrear nos palcos internacionais como presidente efetivo, Michel Temer vai voltar a dar as caras em uma reunião de…

via Enfraquecido, Temer vai ao G20 para “controle de danos” — Blog do Arretadinho

Novos Sons: muito barulho e fofura com Charly Bliss

Outros Sons

Resultado de imagem para charly bliss

Não se deixe enganar apenas pelos primeiros acordes barulhentos da guitarra de Spencer Fox, você será catapultado pela fofura de Eva Hendricks daqui a dez segundos. Tudo bem, no início haverá um desconforto por conta da agudez de sua voz, mas logo você se acostuma.

Charly Bliss traz a nós nessa época de pouca diversidade sonora um power pop competente e sincero que se referencia basicamente em Sleater-Kinney, Belly e Throwing Muses, mas que por meio do vocal quase infantil de sua cantora proporciona uma experiência um pouco diferente.

O som energético proveniente do quarteto completado por Sam Hendricks (bateria) e Dan Shure (baixo) é apenas debutante na cena musical nova-iorquina. Criado o grupo no Brooklyn, em 2014, eles lançaram um EP de apenas três músicas junto com um vídeo promocional e ainda tiveram a criatividade de compor uma atividade multimídia com uma trilogia de quadrinhos.

Agora, em 2017, com…

Ver o post original 88 mais palavras

Crônicas – Livro Mea Culpa – Capítulo I

“Viver indeciso é uma das decisões mais difíceis que alguém pode tomar na vida.”

Para quem o conhece bem sabe que não é fácil enfrentá-lo. Ele mesmo levou anos lutando contra si. Uma batalha que poucos têm coragem de enfrentar na vida.

Neste caso, os dois tinham muito a perder se não entrassem em um acordo logo. O tempo era muito precioso para se perder com frases feitas, argumentos tolos e baixos apelos.

Ele pediu para ficar a sós e fazer o seu trabalho. Ele mesmo gostava de se intitular como “Negociador de almas”. Só que não imaginava a que ponto isto podia chegar.

Para cima a imensidão, para baixo a pequenez humana. O ponto crucial é quando se está bem no meio do caminho. A escolha entre o céu e o inferno é algo que não se faz do dia para a noite.

O homem a quem o “Negociador…

Ver o post original 895 mais palavras