3 Poemas

Compondo Pássaros & Silêncios...

Noell Oszvald1 Noell Oszvald

Dou-te o meu amor
em revoada de sonhos.
Minha alma canta,
embriagada, sorri.

Espero-te
vestida de sol
para alegrar os teus dias
e despida de lua
para iluminar a noite
que carregas no peito.

***

Silencio os meus olhos
para o tormento da imagem
a minha frente.

Tento me concentrar no som das asas
que batem ao longe, um voo apenas de ida.
Meu sonho, de novo, partiu sem mim.

***

Já refiz planos,
reformulei passos,
desmarquei limites,
desenhei outra rosa-dos-ventos
e levantei âncora.

Só não entendo
porque a paisagem
continua a mesma.

E esses olhos cheios d’água
que não me deixam ver nada!

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s