Compondo Pássaros & Silêncios...

flores em voce Desconheço a autoria da Imagem

No jardim
da poesia
colhi

a flor da pele…

[Alessandra Sanches]

A incerteza me causa fome.
Tenho fome de quando. E, de repente,
o vento sopra a tua voz no meu ouvido,
ora me fazendo voar suavemente,
ora me cravando no chão com raízes profundas.

A lembrança do cheiro da tua pele
me faz vomitar rosas pela casa.
Então, divido o meu tempo assim:
entre essa fome louca e a difícil tarefa
de (re)colher flores espalhadas pelo chão.

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s