Governado do MS, Reinaldo Azambuja (PSDB-MS) envolvido em esquema que movimentou mais de R$ 100 milhões

Brasil, o país dos Bilhões em corrupção

Esquema de troca de incentivos por propina envolvendo o grupo JBS, em MS, movimentou mais de R$ 100 milhões
Por Ana Cristina Santos

Em delação premiada, o dono da JBS, Wesley Batista, revelou que o esquema de corrupção envolvendo o pagamento de propina em troca de incentivos fiscais, em Mato Grosso do Sul, começou na gestão do ex-governador Zeca do PT, depois no governo de André Puccinelli (PMDB), e agora na administração de Reinaldo Azambuja (PSDB). Eles são acusados pelo empresário de cobrar propina em troca de redução da alíquota do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) para o grupo JBS.

O esquema de troca de incentivos por propina envolvendo o grupo JBS nos últimos três governos de Mato Grosso do Sul movimentaram cerca de R$ 100 milhões. O atual governador Reinaldo Azambuja é acusado de ter…

Ver o post original 314 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s