3967.

poesificando

sublimação do éden
meu desejo se compondo
nos seus dedos

um quadro matizes de rosa
sobre um fundo azul de verde de mar
seus dedos à mostra

descomprimimos os poros
fendas de areia e sal
o sol dos seus dedos

eu revia a cor textura corpo
nunca vista dourava
os seus dedos sabiam o ouro

meu corpo hirto amolecia
cem mil léguas submarinas de ar
conduzido por seus dedos

supunha a raiz do sol casa das cores
quentura das formas
ainda que o frio tremesse seus dedos

senti certo a terna tenra capacidade
acolhida e lançamento solar
do paraíso dos seus dedos

meu corpo em coro
me dizia

na língua dos seus dedos

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s