acção gera reação

na bicicleta

Quem ainda não viveu a experiência de estar dentro de um veículo parado no meio do trânsito? Uma enorme seca, não é!? Felizmente estou pouco habituado, mas, um destes dias penei vários minutos ao volante, num vagaroso pára-arranca por eternos minutos que até tive vontade de desprender a bicla que tinha presa ao tejadilho do carro e furar pelo engarrafamento. Mas também não ia longe com a pedalada pois estava “preso” numa auto-estrada. Então, aproveitei para passar da melhor maneira o tempo perdido e fui fazendo alguns estudos informais do que à minha volta ia vendo, especialmente os comportamentos dos condutores e cenas relacionadas com a sua condução e educação.


O que desde logo me desviou do aborrecimento extremo foi observar o tempo de reacção dos que “sofriam” à minha frente. Uma observação interessante e uma constatação que provavelmente não é surpreendente: o mais stressado é aquele que sempre se…

Ver o post original 575 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s