Agua.

Así, como un 8 tumbado

Eres como la nieve,
que tan pronto la puedo agarrar entre mis dedos,
fra,
cortndome la circulacin,
helando todas mis terminaciones nerviosas,
escurrindose,
mientras se deshace entre mis dedos.
Formando charcos infinitos de agua bajo mis pies,
evaporndose a las salida del sol de verano,
volviendo,
de nuevo,
al ciclo,
del agua.

Deva

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.