(Arte) Contemporânea – Arte Bruta

Pelamente...

A expressão Arte Bruta foi criada pelo pintor francês Jean Dubuffet (1901-1985) em 1947 que também foi o primeiro teórico sobre o assunto e crítico de cultura. Caracterizou o trabalho produzido fora do sistema tradicional e profissional da arte, arte produzida por artistas autodidatas, livres de qualquer influência dos estilos  vanguardistas.

A arte bruta busca inspiração em fontes que diferem da tradição ocidental e da cultura dominante e, na maioria das vezes, é feita por pacientes de hospitais psiquiátricos ou detentos de prisões, que fazem arte na sua forma mais pura e inicial, com imagens vindas do inconsciente. Por isso, as obras parecem representar sentimentos, emoções e inconformismo.

Ao redor do mundo há diversos museus que expõem arte bruta.

O artista autodidata que desenvolve o seu trabalho criativo, sem influência da arte erudita ou mesmo da arte popular tradicional, responde a uma forte motivação intrínseca e muitas vezes utiliza materiais e técnicas inéditas e improváveis.

O Museu Miguel Bombarda, em Lisboa, aberto ao público desde 2004 e que se mantém após o…

Ver o post original 62 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s