Minha solidão

Divagando Poesia

Se pelo mundo ando sozinha

Minha solidão aprendi a amar

Se por pouco tempo ela desaparece

A ilusão de estar completa me preenche

Mas como folhas ao cair com o vento

Minha ilusão é levada para outros cantos

Permaneço no meu castelo sozinha

Arrastando minhas correntes de pesar

A minha solidão faz dos meus dias

Um arco-íris no meio do céu cinza

Me engana, me faz de tola

Se esconde por trás de cores que desaparecem em um simples sussurrar do vento

Pobre vida desenganada essa que eu existo

Pobre alma cercada por nada mais que fantasmas

Circulam pelo seu castelo mas nenhum de fato permanece

Para a sua solidão findar, nem que seja por uma simples aparição.

Ver o post original

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s