A Aldeia que Sussurava – Opinião

O Dia da Liberdade

Mais um livro maravilhoso, desta vez de Vincent Zabus (ilustrações) e Renaud Collins (texto), editado pela EuroImpala Books.  O N. escolheu este livro, oferecido pelos padrinhos, acho que por se identificar com a foto… Como Alice, N. também gosta de música e desembaraça-se muito bem!

A acção passa-se numa aldeia onde é proibido fazer barulho, apesar de ninguém se lembrar porquê. Alice, pouco resignada com esta questão e com enorme vontade de tocar e cantar o mais alto possível, afasta-se da aldeia até uma gruta. Aí, ao tocar o seu violino descobre a razão do silêncio na aldeia. Ela acorda o gigante, em cujas costas estava localizada a aldeia.

Consegue acalmar o gigante e com o tempo cria uma amizade com ele. Infelizmente, para o fazer fica gravemente doente. O gigante consegue salvá-la, sem prejudicar os habitantes e a aldeia pode finalmente deixar de ser silenciosa e passa a…

Ver o post original 21 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.