O grande mundo de Andy Warhol em Paris

Diego A. Fonseca- MonoArt

andy-880x380.jpg“Eu queria pintar o nada. Estava em busca de algo que fosse a essência do nada, e lá estava.”

Andy Warhol

A pop art decolou nos Estados Unidos em 1962, lançada marcadamente pelas pinturas de Andy Warhol de anúncios de latas de sopa. As muito conhecidas e sempre reproduzidas obras com a sopa Campbell. Com essas citações inusitadas, não obstante brilhantes, brandas e sem qualquer ênfase – logo depois produzidas pela nova técnica de serigrafia –, e com suas exposições de latas simuladas do produto domestico Brillo, Warhol parecia ter levado o questionamento do papel do artista a um ponto crucial, jamais visto na história da arte.

Uma personalidade extremamente carismática fez de Warhol uma peça – chave na cena de Nova York nos anos 60, e um gancho adequado para suportar e mesmo orientar uma mudança cultural radical – a transição da autenticidade calorosa para a indiferente despreocupação “da…

Ver o post original 662 mais palavras

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s