Dor e revolta em SC no caso do herdeiro da RBS que atropelou e matou um funcionário da Renner. Por Aline Torres

  Sérgio Orlandini Sirotsky, herdeiro de um dos maiores conglomerados de comunicação do país, com faturamento de R$ 391 milhões no ano passado, dirigia o Audi A3 da empresa que é sócio. Sérgio Teixeira da Luz andava a pé, trabalhava nas lojas Renner, era filho de cabeleireiro. Tinham o mesmo nome, herdado dos pais, e diferenças […]

Fonte: Dor e revolta em SC no caso do herdeiro da RBS que atropelou e matou um funcionário da Renner. Por Aline Torres

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s