He made a long eulogy on his dog Tiger | Nathaniel Hawthorne’s journal entry for August 26th, 1838

Biblioklept

A rough-looking, sunburnt, soiled-shirted, odd, middle-aged little man came to the house a day or two ago, seeking work. He had come from Ohio, and was returning to his native place, somewhere in New England, stopping occasionally to earn money to pay his way. There was something rather ludicrous in his physiognomy and aspect. He was very free to talk with all and sundry. He made a long eulogy on his dog Tiger, yesterday, insisting on his good moral character, his not being quarrelsome, his docility, and all other excellent qualities that a huge, strong, fierce mastiff could have. Tiger is the bully of the village, and keeps all the other dogs in awe. His aspect is very spirited, trotting massively along, with his tail elevated and his head likewise. “When he sees a dog that’s anything near his size, he’s apt to growl a little,”–Tiger had the marks of a…

Ver o post original 24 mais palavras

Was it just a dream?~by rldubour

OUR POETRY CORNER

Was it just a dream?

Image result for Was it just a dream? heaven

“Why?” is not a question I will ever say.
For now I sleep~ and of heaven I will dream.
Hear the Angel’s voice? ~ Like poetry it seems.
She speaks of life beyond my mortal day.
I must be dreaming~ as she leads me away.
Allowed to look around feeling self esteem.
I see many faces~ with their eyes agleam.
The pain now gone~ I fall to my knees to pray.

As I kneel~ I can hear my brother’s voice say.
“Come with me now~ everyone is here waiting.”
I know it’s Heaven everything is right.
I heard another voice but said I could not stay.
My eyes now open~ I was only dreaming.
I wonder?~ Was it more than a dream last night?

Ver o post original

PODERIA A MATEMÁTICA MENTAL IMPULSIONAR A SAÚDE EMOCIONAL?

Novo estudo pode informar a formação do cérebro para uma melhor saúde mental.

Uma sobreposição de uma ressonância magnética mostra as partes do cérebro que estão envolvidas em fazer cálculos frios e lidar com emoções quentes. Nova pesquisa de Duke mostra que a matemática mental nesta parte do cérebro pode ajudar a saúde emocional. A imagem de NeuroscienceNews.com é creditada a Annchen R. Knodt. Uma sobreposição de uma ressonância magnética mostra as partes do cérebro que estão envolvidas em fazer cálculos frios e lidar com emoções quentes. A nova pesquisa da Duke mostra que a matemática mental nesta parte do cérebro pode ajudar a saúde emocional. A imagem de NeuroscienceNews.com é creditada a Annchen R. Knodt.

Uma parte específica do cérebro durante exercícios mentais de matemática está conectada com melhor saúde emocional, de acordo com um novo estudo do cérebro de varredura publicado por pesquisadores da Universidade Duke na revista Clinical Psychological Science.

A pesquisa dá um passo preliminar informando novas estratégias de formação do cérebro para evitar a depressão e ansiedade. Embora a relação entre a matemática e a emoção necessite de mais estudos, as novas descobertas podem também levar a novos testes de aferição da eficácia das terapias…

Ver o post original 483 mais palavras

A parte central

Laion Monteiro

“Seria melhor dizer que, toda vez que tomamos uma decisão, tornamos um pouco diferente a parte central do nosso ser, a responsável pela decisão tomada. Considerando então nossa vida como um todo, com as inúmeras escolhas feitas ao longo do caminho, aos poucos vamos tornando esse elemento central numa criatura celeste ou numa criatura infernal: uma criatura em harmonia com Deus, com as outras criaturas e consigo mesma, ou uma criatura cheia de ódio e em pé de guerra com Deus, com as outras criaturas e consigo mesma. Ser uma criatura do primeiro tipo é o paraíso, é alegria, paz, conhecimento e poder. Ser do segundo tipo é a loucura, o horror, a idiotia, a raiva, a impotência e a solidão eterna. Cada um de nós, a cada momento, progride em direção a um estado ou ao outro.”

C. S. Lewis em Cristianismo puro e simples

Ver o post original