You’ve Lost Control Again

The Russian Reader

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

Black Lists and Total Monitoring: Agora’s New Report on the Surveillance of Russians
A person’s life is utterly transparent to the secret services
Damir Gainutdinov
Republic
August 22, 2017

The Agora International Human Rights Group has released a report entitled “Russia under Surveillance 2017: How the Authorities Are Setting Up a Total System for Monitoring Citizens.” Damir Gainutdinov, the report’s co-author, discusses its key points. The Russian state has been harvesting an unprecedented amount of information about its citizens and wants to collect other kinds of information. It maintains a system of black lists that categorize different types of citizens and has been engaged in a relentless assault on internet anonymity. (You can read the full report in Russian.)

In recent years, Russia has been assembling a complex system for monitoring grassroots activists, reporters, and members of the opposition, a system that encompasses at least several thousand people…

Ver o post original 2.616 mais palavras

Conto de fadas à moda digital

Tendências do imaginário

McDonalds

Não há forma de evitar preconceitos e estereótipos. A mim, afigura-se-me que a publicidade oriental se dispõe entre dois extremos, sem meio termo: anúncios curtos e impactantes ou longos e emocionantes. O humor e o amor. Pelos vistos, rimos mais depressa do que choramos. O anúncio filipino The boy that loves to study é longo. É um conto de fadas com uploads, downloads e redes sociais. A fada madrinha é a McDonald’s.

Acrescento a canção Fate, interpretada, ao vivo, pela sul-coreana Sohyang (um cover de Lee Sun Hee).

Marca: McDonald’s. Título: The boy that loves to study. Agência: Leo Burnett. Filipinas, 2016.

Sohyang. Fate. Ao vivo. Cover de Lee Sun Hee.

Ver o post original

Fotografia: De repente, apenas o olhar… (Suddenly, just the look)

Simples. Bonito. É assim.

ChronosFeR

219732531219248430Colonia 007IMG_5377IMG_5677

Fotos: Chronosfer. O olhar às vezes se perde ou perde-se assim em uma fração de segundo. A vida continua escorrendo por entre os ponteiros do relógio, e prega algumas peças. Fica estática, acelera, vibra, entristece em seu fluxo contínuo. De repente, os olhos cristalizam algum momento. Também é vida.

The look sometimes gets lost or lost in a fraction of a second. Life keeps flowing through the hands of the clock, and it nails some pieces. It becomes static, accelerates, vibrates, saddens in its continuous flow. Suddenly, the eyes crystallize some moment. It is also life.

Ver o post original

Livro que fala de livro

PROJETOS NO PAPEL

O #SpecialTips de hoje #26 é o livro da autora americana Leslie Daniels “Em Casa com Nabokov”. Pra quem não se lembra, Nabokov é o autor do polêmico Lolita. Neste romance de 316 páginas, a divorciada personagem, quer recuperar seus filhos, pra isso que precisa provar que pode provê-los. Só coisas proibidas dão dinheiro rápido para uma mulher desempregada. E ela cria um “termas” para dar prazeres vespertinos às mulheres da pequena cidade onde foi morar. Compra a casa que tem a fama de ter sido do autor Nabokov. Ela “sem querer” acha uns escritos dele perdido, e consegue publicar. Assim ela consegue fama, dinheiro, pode fechar o “termas”, ter seus filhos de volta e encontrar um novo amor. Inverossímel e delicioso. 😉

Trechos do livro:”Ela disse que combinaria comigo, pois eu gostava de ler…achava que eu não sabia fazer mais nada.” “…fez de mim uma leitora veloz. No…

Ver o post original 30 mais palavras

Des êtres humains acceptants de plein gré de se voir réduits à l’état de pantins

Aphadolie

Chaîne de montage Ford

La célèbre Ford Modèle T n’a pas été la première voiture au monde, mais elle est la première à sortir d’une véritable chaine de production industrialisée, dont le concept est toujours en marche aujourd’hui.

♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦♦

L’anecdote porte sur une contradiction majeure de la vie industrielle moderne : alors que l’usine apparaît de plus en plus comme le lieu de production d’une vie meilleure, les conditions sociales dans lesquelles les biens sont produits révèlent les injustices sur lesquelles se fonde l’industrialisme en Amérique (*) :

J’ai rencontré l’autre jour un ami qui attendait sa nouvelle Ford.

« Une bonne voiture. », me dit-il.

Mais je ne peux m’empêcher de me rappeler une visite que je fis à l’une des chaînes d’assemblage, chez Ford, et cela chaque fois qu’on mentionne cette marque devant moi.

Chaque employé semblait réduit à telle secousse, torsion, spasme ou frisson, le tout résultant en un tacot.

Je n’aurais jamais…

Ver o post original 228 mais palavras

LET YOURSELF BE HAPPY

The Godly Chic Diaries

“So you want to be happy? Then stop letting the smallest things ruin your entire day. If you’re bored with your daily routine, do something unexpected. Stop complaining about how alone you are when you’re surrounded by people who actually care about you. Forget all the drama and let go of all the grudges you’ve been holding. Stop wasting time lingering over all that you could have, should have, and would have done. Stop spending your days thinking of how much better you could do; stop longing for something that has been out of your reach. Just live the days as they come. Wake up every morning and smile at the wonderful day that awaits you. Take a risk for once. Let yourself be happy, because YOU deserve it.”

Do you ever have days where it feels like it is YOU against the world? Days like which you feel nothing…

Ver o post original 289 mais palavras

😓Ontem… Hoje…😊

escreversonhar

Ontem estava triste, o mundo era padrasto ruim.

Ontem deambulei pelas ruas e… chorei.

Ontem estava perdida mas me encontrei.

Ontem cai nos teus braços e… sorri.

Ontem o teu corpo uniu-se ao meu e… sonhei.

Ontem amaste-me e eu… revivi.

Ontem dei-me sem limites, entreguei meu corpo e… ganhei.

Ontem os orgasmos eram fogo-de-artifício.

Ontem o mundo foi o nosso quarto e o céu os teus olhos.

Ontem a tristeza esfumou-se e o sol brilhou intensamente.

Ontem morri e contigo ressuscitei.

Ontem esqueci a tristeza e relembrei a felicidade.

Ontem ouvi doces melodias envolta em perfumes intensos.

Ontem… que fantástico ontem!

Hoje estou feliz e o meu coração bate intensamente.

Hoje penso que o mundo é meu e que o meu mundo é lindo.

Hoje revejo-me em meus filhos e fico contente.

Hoje gosto da vida, do sol, do vento e do vosso riso.

Hoje amo o passado e…

Ver o post original 75 mais palavras

Sobrou-me o que sou

Poetriz

Nos olhos dele aprendi a ler Vieira, como no seu corpo aprendi a saborear o desejo infinito, o desejo como experiência da eternidade.
Para essa experiência não tenho palavras. Nem sequer silêncio. Dessa experiência, sobrou-me o que sou.

Inês Pedrosa in “A Eternidade e o Desejo”

Ver o post original