Temos o direito de entrevistar Cabral e até Satanás | Brasil 24/7

“É evidente que o papel do jornalista é sempre tentar revelar dados novos, de preferência com exclusividade, o que deveria ser aplaudido por um juiz imparcial, pois quanto mais dados ele tiver mais transparente e imparcial será o julgamento. Ao vedarem a Cabral o direito ao contraditório, os magistrados permitem a especulação de que ele poderia revelar fatos que não interessam a eles”, comenta o jornalista Alex Solnik, sobre a decisão de um desembargador que proíbe a Folha e O Globo de entrevistar o ex-governador Sergio Cabral na prisão; “A escalada autoritária dos juízes desde a elevação de Moro a ‘herói nacional’ precisa ser contida antes que seja tarde. Nós, jornalistas não podemos nos calar. Temos o direito e até o dever de entrevistar quem bem queremos, até mesmo Satanás”, diz Solnik

Fonte: Temos o direito de entrevistar Cabral e até Satanás | Brasil 24/7

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.