Clockwerx – Jason Henderson, Tony Salvaggio, Izu & Jean-Baptiste Hostache

Passado numa Londres alternativa, no final do século XIX, Clockwerx possui um ambiente Steampunk ainda que não se possa classificar como tal (a fonte de energia usada não é o vapor, antes um estranho mineral do qual pode ser extraída uma grande quantidade de energia).

Um pequeno grupo de condenados faz uma catastrófica viagem de barco, onde a chefe, Molly, perde um braço bem como alguns elementos essenciais do seu grupo. Ainda assim, o importante era salvar a carga transportada, feito que conseguiu realizar dada a sua teimosia e perseverança.

Em Londres as coisas não serão fáceis – na noite desaparecem pessoas, levadas por sombrios autómatos, e a sociedade secreta à qual pertenceu Molly vê-a como uma concorrente, alguém de poucos meios que poderá fazer alguma mossa aos investimentos existentes.

Graficamente interessante, este volume possui uma narrativa simples, de luta contra um vilão irascível, rodeado por algumas personagens que se…

Ver o post original 94 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.