A morte do reitor e o “Dossiê Auler” —

POR FERNANDO BRITO, no Tijolaço Neste país de “justiceiros”, até agora, só se tem notícia de uma investigação séria e aprofundada sobre os episódios que levaram á trágica morte do reitor da Universidade de Santa Catarina. Note-se que estamos tratando de uma vida humana e não de um pedalinho ou um aluguel de apartamento, estes […]

via A morte do reitor e o “Dossiê Auler” —

Paul Adams bag review — That middle class girl

The picture says it all. These bags are so colourful and vibrant, and they just match the current festive mood in India. These bags will go with both ethnic and western wear and will definitely add class to the whole ensemble. They have a whole range of handbags, clutches, wallets, laptop bags, backpacks, slings and […]

via Paul Adams bag review — That middle class girl

Quem não sabia que o golpeachment foi comprado? | Brasil 24/7

Não tem muito que falar sobre a revelação que o doleiro Lúcio Funaro fez. Segundo a Folha, ele disse o que todo mundo que tem cérebro sabia, que os votos para o impeachment de Dilma Rousseff foram comprados

Fonte: Quem não sabia que o golpeachment foi comprado? | Brasil 24/7

Igreja Anuncia Proibição De Novos Padres Gays

esQrever

Num decreto da Congregação para o Clero intitulado O dom da vocação presbiterial, o Vaticano quer que os candidatos a seminaristas sejam sujeitos a um processo de selecção que inclui testes psicológicos e o escrutínio do seu perfil sexual e do seu passado. Nomeadamente, pode ler-se, “a Igreja não pode admitir aqueles que praticam a homossexualidade, apresentam tendências homossexuais profundamente radicadas ou apoiam a chamada cultura gay.” A Igreja pretende assim igualmente perceber se o candidato não incorreu, entre outros, em “delitos ou situações problemáticas” no âmbito da pedofilia.

Há vários problemas com todo este decreto. Desde logo a  ligação que a Igreja faz – e quantos não o continuam a fazer de forma a minar a discussão? – entre a homossexualidade e a pedofilia. É uma referência que nem sempre é assumida, mas que é feita repetidamente de forma a que o público continue a ligar pontos…

Ver o post original 279 mais palavras