A mística fascista que admirava Hitler e que está sendo ‘ressuscitada’ pela extrema-direita — Feminismo, Cultura e Questões de Esquerda

Por Maria Margaronis em BBC Brasil Ao navegar pelo site oficial do partido ultranacionalista grego Aurora Dourada para uma reportagem, em 2012, me deparei com a foto de uma mulher envolvida em um sári de seda azul. Ela olhava para um busto de Adolf Hitler, diante de um intenso pôr do sol. Mas o que aquela […]

via A mística fascista que admirava Hitler e que está sendo ‘ressuscitada’ pela extrema-direita — Feminismo, Cultura e Questões de Esquerda

SOBRE CURA GAY, DEUS E LIBERDADE — Liquidificador

Eu passei toda a minha adolescência fazendo “terapia” com psicólogos cristãos tentando reverter minha sexualidade. Passei minha adolescência inteira sendo exorcizada (curioso que na igreja que eu frequentava, o exorcismo tinha o nome de libertação. Sim. O ato de me prender no armário era chamado de libertação). Esses dois processos se somaram com um intenso isolamento social em nome do “ Não cair em tentação”. O que isso tudo poderia gerar? Uma pessoa doente. Muito, muito doente. Depressão, pânico, tentativas de suicídio. EU QUIS a terapia pra reverter minha sexualidade. Aliás, embora não sendo permitida sempre foi executada. Mas eu quis. É disso que a liminar que saiu essa semana trata. Autoriza psicólogos a tratarem as sexualidades não normativas com a possibilidade de reversão. Qual é o problema nisso? […]

via SOBRE CURA GAY, DEUS E LIBERDADE — Liquidificador

BRASIL 2017: O TRISTE RETRATO DE UM POVO HERÓICO E BESTIALIZADO — Liquidificador

As configurações de bitolagem da população brasileira foram (assustadoramente) atualizadas. São inúmeras as situações em que eu, com formação em História, me pergunto se realmente ultrapassamos o século XX. Uma delas, aconteceu recentemente, onde a filósofa norte americana Judith Butler foi alvo da bestialidade de nossa gente – gente que desconhece o conteúdo de suas obras e arrisco dizer que sequer chegou perto daquela descrição contida na orelha de um de seus dezessete livros. […] A medida em que aumenta o descrédito na política, devido ao desnudamento de esquemas de corrupção – que ocorrem desde o coronelismo (década de 1930 e 1960), se amplia no governo dos militares (Ditadura Civil e Militar de 1964 a 1985), mas que o imaginário coletivo tem certeza que se iniciou com Lula no ano de 2003 – fez ressurgir uma onda conservadora e ensandecida de pessoas que vão paras as ruas reivindicar desde a intervenção militar até a liberação do porte de armas para o “cidadão de bem”. […]

via BRASIL 2017: O TRISTE RETRATO DE UM POVO HERÓICO E BESTIALIZADO — Liquidificador

“Never again” — johncoyote

Never again. A Poem by Coyote Poetry A re-post with more thoughts. Never again. Nie wieder. Plus jamais. (Holocaust Memorial Day, February, 27 January.) (Did we learn. WW2 was the last war. How many massacres since? How many people murdered for their religion, color and sexual preference? Today is to remember the Jews, Gypsies […]

via “Never again” — johncoyote