Poema de JOSÉ TERRA dedicado a MATILDE ROSA ARAÚJO – Descoberta — Blogue dos Autores

DESCOBERTA Sinto-me livre, fresco, auroreal, neste rio de sombra e de silêncio. Nele descubro a força e as origens inevitáveis origens dos meus passos. Nele me encontro total e verdadeiro com meus claros olhos de animal parentes das estrelas e dos limos. Nele navega a minha noiva astral toda coroada de flores […]

via Poema de JOSÉ TERRA dedicado a MATILDE ROSA ARAÚJO – Descoberta — Blogue dos Autores

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s