Padilha defende direito de mentir na sua série na Netflix e agride Dilma | Brasil 24/7

Incapaz de responder às diversas acusações de que fraudou fatos históricos, o cineasta José Padilha, que dirige a série ‘O Mecanismo’, defendeu o direito de mentir e atribuir ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva uma frase do senador Romero Jucá (PMDB-RR), sobre “estancar a sangria”, dita justamente para justificar o golpe de 2016; “Jucá não é dono dessa expressão”, disse Padilha; na sua lógica, seria portanto justificável atribuir frases de Hitler a judeus; Padillha também agrediu a presidente deposta Dilma Rousseff; “se a Dilma soubesse ler, não estaríamos com esse problema”, afirmou; em nota, Dilma afirmou que a “má-fé de Padilha é gritante” e a Netflix se tornou alvo de boicote no Brasil

Fonte: Padilha defende direito de mentir na sua série na Netflix e agride Dilma | Brasil 24/7

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.