O jejum de Dallagnol pela prisão de Lula vem do antipetismo fanático de sua igreja evangélica em Curitiba

O procurador Deltan Dallagnol, da Lava Jato, foi às redes sociais no domingo de Páscoa para contar que ficará sem comer e fará orações pela prisão de Lula. “O cenário não é bom. Estarei em jejum, oração e torcendo pelo país”, escreveu. O gesto fanático de Dallagnol tem que ser entendido no contexto da criação […]

Fonte: O jejum de Dallagnol pela prisão de Lula vem do antipetismo fanático de sua igreja evangélica em Curitiba

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.