Centro Acadêmico da Faculdade de Direito da USP publica nota de repúdio a declaração de Toffoli sobre golpe de 64

  Nota de repúdio do Centro Acadêmico XI de Agosto, da Faculdade de Direito da USP, ao posicionamento de Dias Toffoli sobre o golpe de 64 Na manhã desta segunda feira (1º) recebemos a ilustre presença do Presidente do Supremo Tribunal Federal, Ministro Dias Toffoli, em nossa Faculdade (Largo de São Francisco – Direito USP). […]

Fonte: Centro Acadêmico da Faculdade de Direito da USP publica nota de repúdio a declaração de Toffoli sobre golpe de 64

Lewandowski ratifica autorização de entrevistas com Lula, incluindo EL PAÍS e Rede Minas | Brasil | EL PAÍS Brasil

Ministro rebateu decisão de colega do STF que havia vetado entrevistas com o ex-presidente. Folha também falará com petista

Fonte: Lewandowski ratifica autorização de entrevistas com Lula, incluindo EL PAÍS e Rede Minas | Brasil | EL PAÍS Brasil

Bolsonaro mentiu para faltar a debate | Brasil 247

“Ele não vai a debates porque não tem condições intelectuais nem morais de debater, não por impedimento médico. Já no dia 23 de agosto, bem antes da facada, surgiram rumores de que ele não iria mais a debate algum”, diz o colunista do 247 Alex Solnik, acrescentando que o chefe da equipe médica que cuida de Jair Bolsonaro, Antônio Luiz Macedo, disse que ele deixaria o hospital em “ótimas condições”; “Não é honesto, portanto, informar que ele não foi, ontem ao debate da TV Record, em virtude do seu estado de saúde”

Fonte: Bolsonaro mentiu para faltar a debate | Brasil 247

Lewandowski libera entrevistas de Lula e manda Paraná cumprir | Brasil 247

O ministro Ricardo Lewandowski, do Supremo Tribunal Federal, acaba de determinar à Justiça Federal do Paraná que cumpra a ordem de liberar a entrevista do ex-presidente Lula aos jornalistas Florestan Fernandes Júnior e Mônica Bergamo. …) “Em face de todo o exposto, reafirmo a autoridade e vigência da decisão que proferi na presente Reclamação para determinar que seja franqueado, incontinenti, ao reclamante e à respectiva equipe técnica, acompanhada dos equipamentos necessários à captação de áudio, vídeo e fotojornalismo, o acesso ao ex-Presidente Luiz Inácio Lula da Silva, a fim de que possam entrevistá-lo, caso seja de seu interesse, sob pena de configuração de crime de desobediência. Cumpra-se”, diz ele em seu despacho; no fim de semana, o ministro Luiz Fux rasgou a constituição brasileira e determinou censura prévia

Fonte: Lewandowski libera entrevistas de Lula e manda Paraná cumprir | Brasil 247