“Acham que sou uma preta metida e abusada”: história de Kenia Maria — Brasilidade Negra

Ela está entre os 100 negros mais influentes do mundo Kenia Maria é a primeira defensora dos Direitos das Mulheres Negras pela ONU Mulheres Brasil, está entre os 100 negros mais influentes do mundo e será homenageada em Nova York. Quando ela tinha 8 anos, tomou o primeiro tapa na cara de um menino. O bofetão veio do […]

via “Acham que sou uma preta metida e abusada”: história de Kenia Maria — Brasilidade Negra

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.