Crime contra a economia popular e calote: a ficha corrida do futuro ministro do Turismo. Por Joaquim de Carvalho

O futuro ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, responde a cerca de 20 processos no Tribunal de Justiça de Minas Gerais, dos quais um é por crime contra a economia popular. Marcelo Álvaro Antônio foi acusado de vender lotes que não lhe pertenciam e que também não estavam aprovados pela prefeitura. Várias pessoas reclamaram e […]

Fonte: Crime contra a economia popular e calote: a ficha corrida do futuro ministro do Turismo. Por Joaquim de Carvalho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.