Toffoli agiu com correção no caso da morte do irmão de Lula e sua decisão foi ponderada para nossos dias. Por Eugênio Aragão

POR EUGÊNIO ARAGÃO, ex-ministro da Justiça Juízos rápidos são inevitáveis nas redes sociais. As pessoas se indignam com facilidade e em tempo real. Mal dá tempo para  reflexão e os julgamentos tortos sobre semelhantes abundam. Dificilmente a leitura expressa de mensagens e blogs abre espaço à empatia. O resultado é a proliferação de sabichões virtuais, […]

Fonte: Toffoli agiu com correção no caso da morte do irmão de Lula e sua decisão foi ponderada para nossos dias. Por Eugênio Aragão