O governo Bolsonaro institucionalizou o nepotismo e a promiscuidade. Por Carlos Fernandes

Com a chegada ao poder executivo nacional da família Bolsonaro carregando a tiracolo o que de mais atrasado existe no já modorrento militarismo brasileiro, o que era uma prática velada no submundo das administrações públicas, virou política de Estado. Práticas como nepotismo e apadrinhamento, combatidos à exaustão em todo o mundo civilizado, por aqui se […]

Fonte: O governo Bolsonaro institucionalizou o nepotismo e a promiscuidade. Por Carlos Fernandes

RT @jojopancada “Bozo com discurso simp

RT @jojopancada “Bozo com discurso simplista.
Muitas pessoas tem ótimos currículos, mas a pergunta que faço é: se o Capitão Victor não fosse amigo do Bozo, ele seria contratado?
Evidentemente que não.
A Petrobrás tem critérios para a nomeação de executivos.
Então, mais um nepotismo na bozolândia. …” http://ow.ly/9nsF30nh7Jf