Economia: como a “mão invisível” — e Paulo Guedes — nos afundam — Outras Palavras

Por Eleutério F. S. Prado | Imagem: Gustave Doré, Gargântua e Pantagruel (detalhe, 1854) Como se sabe, a “mão invisível” é a metáfora mais famosa da economia política. Ela foi formulada por Adam Smith em A riqueza das nações1 para explicar os benefícios para uma nação, produzidos de modo não intencional pela busca do interesse…

via Economia: como a “mão invisível” — e Paulo Guedes — nos afundam — Outras Palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.