多摩川 — Take a walk-Poem and Essay

東京都と神奈川県の境を流れる一級河川の多摩川、静かにゆったり流れている川、万葉集いも歌われている川だ。  多摩川にさらす手作りさらさらに何そこの児のここだかなしき(万葉集・作者不明)  【歌意】多摩川に晒している手作りの麻布のように、どうしてだろうか、さらにさらに(ますます)この子のことがひどく愛おしくてしかたがない。  手作りの布を多摩川の水に晒して白くしているということだが、その布の白さと同じぐらいに美しい、娘のことがますます愛おしく思えて仕方ないというのだ。この娘は自分の娘というより、おそらく、愛おしく思う女の子だろう。  人が人を思う心は、古代から流れるこの川と同じように、人のDNAの中を流れている。多摩川を眺めながら、この歌を思い出していると、遠にいる我が娘や恋しい女性のことも、自然と思い出される。 東京で仕事をして神奈川に戻る途中、この川の近くで電車を降りて、仕事のことも、コロナのことも忘れて、ゆったりとした川面を眺めながら思ったことは、何とも言いがたい穏やかな感情だ。

多摩川 — Take a walk-Poem and Essay

A Postagem | Com a pandemia descontrolada, Bolsonaro vomita delírios golpistas

Qualquer psiquiatra do mundo, vendo Bolsonaro falar diante do estado de calamidade pública em que o Brasil se encontra, crava que o estado dele é de loucura de um psicopata totalmente fora de controle, longe da realidade e vivendo uma fantasia paralela de alguém que não consegue se governar, que fará governar um país. O […]

Fonte: A Postagem | Com a pandemia descontrolada, Bolsonaro vomita delírios golpistas

A Conversation About Animal, Vegetable, Junk — Organikos

First things first. The last time I linked out to a book based on a podcast interview with the author, it turned into a complaint about  the podcast’s link to Amazon for finding the book. This time, the same podcast, interviewing another author about his recently published book, is linking to the book’s publisher instead […]

A Conversation About Animal, Vegetable, Junk — Organikos

Não conviva com os fascistas e não permita que eles frequentem suas casas – Antônio Carlos de Almeida Castro – Brasil 247

O advogado Antônio Carlos de Almeida Castro (Kakay) escreve de maneira clara sobre a divisão da sociedade brasielira: “Vamos ter postura e dignidade. Não conviva com os fascistas. Não participe de grupos de whatsapp com eles. Não permita que eles frequentem suas casas, suas mesas de bar, seus afetos. São homicidas ou cúmplices.”

Fonte: Não conviva com os fascistas e não permita que eles frequentem suas casas – Antônio Carlos de Almeida Castro – Brasil 247

“Não podemos compactuar com atos de violação de direitos humanos e crimes financeiros”, diz bispo angolano sobre ruptura com Edir Macedo – Agência Pública

Em entrevista à Pública, o bispo Felner Batalha, o primeiro a ser ordenado em Angola, explica a origem da revolta dos religiosos angolanos e diz que o líder da Universal tinha conhecimento dos problemas da igreja no país africano, mas não agiu para coibir os delitos

Fonte: “Não podemos compactuar com atos de violação de direitos humanos e crimes financeiros”, diz bispo angolano sobre ruptura com Edir Macedo – Agência Pública