Bolsonaro já usou R$ 67 bi dos cofres públicos de 2022 para autopromoção e país pode quebrar

Luíz Müller Blog

Da URBS MAGNA

Com a mobilização de ministros do presidente em busca do impulsionamento de sua popularidade o impacto fiscal deve ser maior nos anos seguintes

Medidas sinalizadaspara impulsionar a popularidade do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) já demandam R$ 67 bilhões dos cofres públicos em 2022. O impacto fiscal deve ser ainda maior nos anos seguintes. O presidente mobiliza ministros a aumentar gastos no ano em que tentará a reeleição ao Palácio do Planalto. Somam-se ao movimento também pressões do Congresso por mais recursos públicos. A escalada pressiona o time do ministro Paulo Guedes (Economia)contra as regras fiscaise leva interlocutores a constatarem que o Orçamento para 2022 é o mais desafiador dos últimos dez anos.

Fazem parte da conta itens como a isenção para o diesel no próximo ano (R$ 26 bilhões, segundo Bolsonaro), a expansão no Bolsa Família (de ao menos R$ 25 bilhões, segundo Guedes), areforma tributária(que…

Ver o post original 1.041 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.