Namastê [Drica Muscat]

RUBEM

[A crônica de hoje é, excepcionalmente, uma republicação. Drica Muscat retorna na próxima quinzena com uma crônica inédita]
_________

.
Sinta o ar entrando mais frio pelas narinas, perceba o caminho que ele faz descendo lentamente pela garganta até chegar aos pulmões.

Será que a minha coluna tá reta-reta, ou tá reta não-muito… ai, gente, isso dói, deixa reta não-muito, tá bom assim.

Imagine uma linha que vai do topo da cabeça até os ísquios. Alongue a coluna vertebral conforme a linha se estica, e sinta-se grande, cresça o máximo possível, e continue observando o caminho que o ar faz dentro do seu corpo…

Ísquio é bunda?

Deixe tudo o que aconteceu no passado e as preocupações futuras de lado, e esteja presente, seja o agora…

Certo. Estou aqui.

Agora, na expiração, a temperatura do ar é mais quente…

Gente, num é que é? E o que será que deu…

Ver o post original 506 mais palavras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Saiba como seus dados em comentários são processados.