Paulo Sérgio – Volume 10 (CD-R) — MUSICANAVEIA

Paulo Sérgio – Volume 10 (CD-R)Formato: FLAC (P/FaixasSoftware: EAC (Exact Audio Copy)No Arquivo: Log EAC.cue,ScansSummary 99,67% CDDA O Grande Senhor [0:03:43.05] Amor Tem Que Ser Amor [0:03:52.47] Sempre No Meu Coração [0:04:01.47] Pra Ver Se Aprende A Viver [0:03:44.50] Não Vou Ficar [0:03:46.21] Mendigo Do Amor [0:01:58.12] O Cangaceiro [0:04:29.74] Sou Metade Em Você [0:03:42.25] […]

Paulo Sérgio – Volume 10 (CD-R) — MUSICANAVEIA

“Uno de los presos políticos que cumple la sentencia más larga en el mundo occidental”: Snowden condena el fallo de extraditar a Assange a EE.UU. — RT en Español

El exagente de la CIA asegura que los partidarios de la decisión “hacen ‘lobby’ sin saberlo para que los derechos de expresión y publicación se concedan solo a una clase de empresas mediáticas consagradas por el Estado”.

“Uno de los presos políticos que cumple la sentencia más larga en el mundo occidental”: Snowden condena el fallo de extraditar a Assange a EE.UU. — RT en Español

“pond” — The Coming of the Toads

(Pond, by Claire-Louise Bennett, Riverside Books, 2016, originally published in Ireland by Stinging Fly Press, 2015, 195 pages) There are thirty snippets of “Praise for Pond,” cutlets from big and small zines and papers (and authors selected or solicited for blurbs) on and offline, from reviews, presumably, four full pages of front matter, mostly adjectives […]

“pond” — The Coming of the Toads

Do escambo ao clique: como impactar o consumidor transformou a nossa sociedade — Update or Die!

Hoje, em pleno século XXI, num estado quase pós-pandêmico, que disseminou de vez a compra online de qualquer item, em qualquer lugar e a qualquer momento, isso tudo já é tão recorrente no nosso dia-a-dia, tão comum, que nem parece um movimento relativamente novo. Se pararmos para pensar, a própria internet não está há tanto…

Do escambo ao clique: como impactar o consumidor transformou a nossa sociedade — Update or Die!

Envolvido até o pescoço com roubalheiras, sim! — Na Ilharga

“Juiz ladrão” Sérgio Moro bazofiando que não faz parte nem da ‘rachadinha’, nem do ‘petrolão’.Como não? Foi o ministro da Justiça que encaminhou a blindagem da ‘rachadinha’ e o aparelhamento da Polícia Federal para fins escusos, só que o Bozo queria mais, daí o desenlace.Quanto ao ‘petrolão’, é o mais notório bandido protagonista daquele golpe,…

Envolvido até o pescoço com roubalheiras, sim! — Na Ilharga

‘His struggle is ours’: biopic of slain 60s rebel hailed in Brazil with anti-Bolsonaro chants | Brazil | The Guardian

Film about Carlos Marighella, released in Berlin in 2019, only arrived in Brazil last month after government cancellations

Fonte: ‘His struggle is ours’: biopic of slain 60s rebel hailed in Brazil with anti-Bolsonaro chants | Brazil | The Guardian

On top of the world!

radhikasreflection

man sitting on cliffhanger looking at mountain under gloomy clouds
khamkhor@unsplash.com

The call of the mountains beckoned my nomadic soul and restless feet. A day long drive, took me to the foothills of the mountains, away from the mediocrity of a city dweller’s life.

Next morning, I was greeted by warm sunshine. Fully rested, I checked my backpack for all essentials and began my hike. I have always found the mountains alluring. They calm my muddled mind. The ascent was uneventful. Eventually after a day long trek, I reached the summit by early evening.

The sight that welcomed me was surreal. The beautiful imagery of that moment is still vividly etched in my mind. Its infinite and all-encompassing space was so gratifying. The tantalizing sunlight appeared to be giving a parting kiss, to the snow-clad peaks, embracing the horizon in a crimson blush. The white billowy clouds drifted gently in the purple heavens. The eventide mountain air whispered scattered tales…

Ver o post original 114 mais palavras

Violência

Orelhas de Vidro

Hoje me mandaram os vídeos e áudios de um caso de atenção violenta ao parto numa grande cidade brasileira. Não acho razoável que o nome do profissional seja citado por nós, e acredito que poderei explicar as razões para essa discrição nas linhas que se seguem abaixo.

Quando eu ouvi os diálogos na sala de parto fiquei espantado, mas talvez de uma forma diferente da maioria das pessoas. Em verdade, eu me senti como um cicerone de um campo de refugiados que mostra aos visitantes as condições precárias do lugar onde os exilados vivem. Para mim, algo banal, para os visitantes cenas de horror. Assim, as cenas de violência verbal e abusos que eu escutei nada mais eram do que o padrão da assistência ao parto de que eu fui testemunha por tantos anos. Meu espanto não era pelo conteúdo, mas pelo fato de que ainda existem expressões dessa…

Ver o post original 892 mais palavras