Mulher é resgatada da casa de pastor da Assembleia de Deus após 32 anos de trabalho escravo e abusos sexuais – Brasil 247

Família de Geraldo Braga afirmou que ela era “tratada como uma filha” e que o relacionamento era “consensual”. Empregada disse que tinha “nojo” do pastor

Fonte: Mulher é resgatada da casa de pastor da Assembleia de Deus após 32 anos de trabalho escravo e abusos sexuais – Brasil 247