Os movimentos de Gilmar Mendes, um delirante exercício de poder, por Sergio Medeiros | GGN

Os movimentos de Gilmar Mendes, um delirante exercício de poderpor Sergio MedeirosDesenganadoramente a colocação em pauta de julgamento do TSE da impugnação da candidatura de Dilma/Temer, tem um si

Fonte: Os movimentos de Gilmar Mendes, um delirante exercício de poder, por Sergio Medeiros | GGN

Latuff: Temer alimenta ratos do Congresso para garfar sua aposentadoria | Brasil 24/7

Michel Temer decidiu comprar parlamentares, ruralistas e empresários com perdões tributários para conseguir aprovar a reforma que mexe nas aposentadorias dos brasileiros

Fonte: Latuff: Temer alimenta ratos do Congresso para garfar sua aposentadoria | Brasil 24/7

Para forçar acordão, investigados apostam no “quanto pior, melhor” | Brasil 24/7

Para forçar um acordão que os beneficie, deputados investigados na Lava Jato estão tentando apostando na estratégia de instaurar um clima de “quanto pior, melhor” em todos os setores do Brasil; o caos generalizado, apostam eles, levaria economia, política e Judiciário a sentarem para conversar e discutirem uma saída

Fonte: Para forçar acordão, investigados apostam no “quanto pior, melhor” | Brasil 24/7

Emílio Odebrecht sabia que não poderia inocentar Lula e pede para desligar gravador

Um detalhe na delação de Emílio Odebrecht chama a atenção porque indica que o delator sabia que não poderia elogiar, inocentar ou falar positivamente do caráter do ex-presidente Lula. Algo parece t…

Fonte: Emílio Odebrecht sabia que não poderia inocentar Lula e pede para desligar gravador

MP de SP tem muito a explicar sobre delações contra tucanos | Blog da Cidadania

Delações da Odebrecht que implicam Serra e Alckmin põem em xeque o Ministério Público de SP, que, no escândalo do metrô paulista, indiciou cerca de 30 pessoas, entre empresários, lobistas e ex-funcionários e não incomodou NENHUM político. Foi preciso que delatores empurrassem os tucanos pela goela do MP. Quem investigará esses investigadores pelas omissões?

Fonte: MP de SP tem muito a explicar sobre delações contra tucanos | Blog da Cidadania