De BRICS a RICS | Brasil 24/7

“Nada mais simbólico do que a foto acima, de Danish Siddqui, da Reuters, em que os presidentes da Índia, Rússia, China e África do Sul aparecem de mãos dadas, e apenas Temer está com a mão esquerda livre, ao lado de Putin”, diz a colunista Tereza Cruvinel, que vê o Brasil retornando à órbita periférica dos Estados Unidos, em posição subalterna; “Se o B de Brics deixar a sigla, o Brasil terá perdido seu melhor acento na cena internacional, ao lado dos países que têm lugar assegurado no futuro. Eles seguirão sendo RICS. Só o Brasil perderá”

Fonte: De BRICS a RICS | Brasil 24/7