Queimada! Não sei por que, lembrei de Sérgio Moro e da TV Globo, por Armando Coelho Neto | GGN

Queimada! Não sei por que, lembrei de Sérgio Moro e da TV Globopor Armando Rodrigues Coelho NetoPregar a revolução nas colônias de Portugal e Espanha foi a missão dada pela Inglaterra para Sir

Fonte: Queimada! Não sei por que, lembrei de Sérgio Moro e da TV Globo, por Armando Coelho Neto | GGN

O crepúsculo do deus da Lava Jato, por Fábio de Oliveira Ribeiro | GGN

O crepúsculo do deus da Lava Jatopor Fábio de Oliveira RibeiroO Morodämmerung (o crepúsculo do deus da Lava Jato, opereta trágica em três atos) já começou, mas não pelas mãos do advogado de Lula. E

Fonte: O crepúsculo do deus da Lava Jato, por Fábio de Oliveira Ribeiro | GGN

E o Brasil virou a casa da hipocrisia | Nossa Política

Há erros no roteiro dos destinos do Brasil, um país que se tornou a casa da hipocrisia; onde fingir é o mais apreciado dos verbos.

Fonte: E o Brasil virou a casa da hipocrisia | Nossa Política

São sinceras as lágrimas no enterro de Teori? | Brasil 24/7

Repare bem na imagem e nos personagens; no canto esquerdo, Alexandre de Moraes, que sonha com a vaga de Teori Zavascki no Supremo Tribunal Federal; no canto direito, José Serra, que foi delatado pela Odebrecht por ter recebido R$ 23 milhões na Suíça, em 2010; a seu lado, Eliseu Padilha, também delatado, que disse que o governo ganhou tempo com a morte de Teori, pois a homologação das delações irá demorar um pouco mais; no centro, Michel Temer, que também foi delatado por pedir R$ 10 milhões à empreiteira em pleno Palácio do Jaburu; segundo pesquisa do Instituto Paraná Pesquisas, 83% dos brasileiros creem em atentado

Fonte: São sinceras as lágrimas no enterro de Teori? | Brasil 24/7

Odebrecht detona Aécio e acusa marqueteiro de ser seu caixa informal | Brasil 24/7

Articulador do golpe parlamentar de 2016, que arruinou a economia brasileira, e também do projeto de anistia ao caixa dois, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) terá posição de destaque na delação premiada da Odebrecht; a empreiteira afirma que o senador era pago por meio de repasses a uma das agências de publicidade de Paulo Vasconcelos, que trabalha com Aécio há muitos anos e foi seu marqueteiro na campanha presidencial de 2014; “em relação ao Aécio, está tudo muito bem documentado”, diz um dos investigadores; Aécio já foi citado na Lava Jato como responsável por um mensalão em Furnas e por esquemas do Banco Rural, no mensalão mineiro

Fonte: Odebrecht detona Aécio e acusa marqueteiro de ser seu caixa informal | Brasil 24/7