Povo vai às ruas contra PEC do teto dos gastos

Um grande ato aconteceu na Avenida Paulista, em São Paulo, com estimativa de 20 mil pessoas, e outro na Cinelândia, no Rio de Janeiro, contra a PEC 241, que congelará os gastos públicos por 20 anos, na noite desta segunda-feira 17; no Rio, bombas de gás foram detonadas quando o ato passou na Avenida Chile; segundo a polícia, manifestantes mascarados jogaram fogos no Batalhão de Choque da PM; outro protesto contra a medida polêmica proposta pelo governo Temer lota as ruas de Belo Horizonte

Fonte: Povo vai às ruas contra PEC do teto dos gastos

Índios, professores, estudantes e polícia pedem saída de Richa e Temer | Brasil 24/7

Em protestos no Paraná, índios, professores, estudantes e polícia civil pedem abertamente “Fora Richa” e “Fora Temer”, contra o desmonte dos serviços públicos e retirada de direitos; ao todo, 75% das 2,1 mil escolas do Estado estão paralisadas em manifestação contra a PEC 241 e contra a reforma no ensino médio; manifestantes são plurais, mas são coesos em pedir a saída do governador tucano e do presidente da República

Fonte: Índios, professores, estudantes e polícia pedem saída de Richa e Temer | Brasil 24/7

Se o impeachment acontecesse no Uruguai, o país já teria parado | Patrícia Álvares

Muitos brincam que o Uruguai para e marcha por qualquer coisa, independentemente de sindicatos. Seja pela agressão a uma jovem negra na porta de um bar, seja pelo TISA, seja pelos recortes no orçamento para a Educação, seja pela carência do setor audiovisual, seja pelo reconhecimento do genocídio armênio 100 anos atrás, seja pela água da torneira que certa vez apresentou algum odor (diga-se de passagem, o Governo chegou a oferecer um desconto na conta de água enquanto durasse o problema).

Fonte: Se o impeachment acontecesse no Uruguai, o país já teria parado | Patrícia Álvares

O Fora Temer no 7 de setembro em São Paulo, em vídeo e 35 fotos: da praça da Sé à Paulista – Viomundo – O que você não vê na mídia

Hoje, 17 horas, Largo da Batata

Fonte: O Fora Temer no 7 de setembro em São Paulo, em vídeo e 35 fotos: da praça da Sé à Paulista – Viomundo – O que você não vê na mídia

A vida depois do golpe | Brasil 24/7

“Com a vitória da coalizão golpista na votação da pronúncia de Dilma como ré, só falta o juiz apitar: fim de jogo, tudo dominado, o golpe prevaleceu”, diz a colunista Tereza Cruvinel; com a vitória do interino Michel Temer, ela prevê um cenário com escalada autoritária, repressão das oposições e do contraditório, uma grande pizza para salvar políticos aliados da Lava Jato, a continuidade da caçada ao ex-presidente Lula, retrocesso social e política externa subserviente; no entanto, com a tendência de que Temer se torne a cada dia mais impopular, ela imagina ainda a hipótese de que avance a cassação da chapa Dilma-Temer no ano que vem, abrindo espaço para uma eleição indireta; a única saída viável para pacificar o País, diz ela, seria a realização de novas eleições presidenciais; “Teríamos assim, ao final da conflagração, de duração imprevisível, o desfecho para a crise e alguma pacificação”

Fonte: A vida depois do golpe | Brasil 24/7

Datafolha real: 81% defendem o Fora, Temer! | Brasil 24/7

247 publica os números reais da pesquisa Datafolha, corrigindo o erro deliberado cometido pela Folha de S. Paulo no último domingo, quando o jornal divulgou que 50% dos brasileiros acreditam que o melhor para o País seria a permanência de Michel Temer na presidência da República até 2018; na realidade, como a Folha excluiu do universo de sua amostragem os 62% dos brasileiros que preferem novas eleições, fez uma pesquisa com os 38% contrários a uma nova disputa eleitoral; se 50% destes preferem que Temer continue, eles representam 19% do total – o que significa dizer que a esmagadora maioria dos brasileiros (81%) defende uma outra saída para a crise política; os 19% de Temer são coerentes com os 14% que consideram sua administração ótima ou boa, mais 5% que preferem deixar tudo como está

Fonte: Datafolha real: 81% defendem o Fora, Temer! | Brasil 24/7

20ª edição da Parada LGBT reúne multidão e tem protesto contra Temer | GGN

Da Agência BrasilA 20ª edição da Parada do Orgulho LGBT (Gays, Lésbicas, Bissexuais, Transsexuais) neste domingo (29) na capital paulista, foi aberta às 13h10 com uma multidão ouvindo as palavras da

Fonte: 20ª edição da Parada LGBT reúne multidão e tem protesto contra Temer | GGN