Para Eugênio Aragão, Temer pode ser afastado por cautelar; Kakay vê espetacularização — Sul21

Eduardo Maretti Da RBA A denúncia que o procurador-geral da República, Rodrigo Janot, deve oferecer nos próximos dias contra o presidente Michel Temer, passou a ser a principal peça do tabuleiro político após o julgamento do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) que absolveu a chapa vitoriosa na eleição presidencial de 2014 e deu novo fôlego a…

via Para Eugênio Aragão, Temer pode ser afastado por cautelar; Kakay vê espetacularização — Sul21

TSE escancara humilhante parcialidade da Justiça | Brasil 24/7

“Diante de uma seletividade histórica, decisão de 4 a 3 pode ser errada, mas lembra que injustiça na pele dos outros não dói,” escreve Paulo Moreira Leite, articulista do 247. Para quem foi levado a acreditar que a Justiça é a salvação da dignidade nacional, a decisão protegeu o mais reacionário governo civil da República, produto do impeachment que o TSE ajudou a construir.” Para PML, é bom lembrar que as injustiças se acumulam desde “as penas fortes para provas francas da AP 470, na impunidade absoluta do mensalão PSDB-MG, nas investigações sobre corrupção de trens e metrôs nos governos do PSDB de São Paulo, na cocaína no helicóptero do aliado de Aécio Neves”; para o jornalista, será possível avaliar seriamente a indignação de cada um nas próximas semanas, “quando serão realizados novos atos contra Temer, inclusive uma greve geral marcada para 30 de junho”

Fonte: TSE escancara humilhante parcialidade da Justiça | Brasil 24/7

Tijolaço: Temer é apenas um pulha, mas como dói | Brasil 24/7

De desavergonhado, o homem que nos preside passou à categoria dos mentirosos deslavados que escarnecem as pessoas minimamente inteligentes dizendo que “não sabia” de quem era o avião que ele, a madame e a criadagem usaram para ir e voltar de Comandatuba, com o evidente intuito de negar o óbvio: que suas relações com Joesley Batista são próximas, intimas e de há muito tempo; leia o artigo de Fernando Brito

Fonte: Tijolaço: Temer é apenas um pulha, mas como dói | Brasil 24/7

Temer no bunker | Brasil 24/7

“TSE inicia julgamento das contas da campanha de 2014 quando a agonia política do governo Michel Temer tornou-se o espetáculo dominante da vida política do país. O caminho da derrocada aparece a todo momento, em qualquer iniciativa do governo” escreve Paulo Moreira Leite, articulista do 247. “Prisão de Loures mostra a dificuldade de Temer proteger seu próprio grupo político e evitar a debandada que tende a crescer daqui para a frente. Se a pressão contra Moreira Franco deixa claro que nem ministros podem se imaginar protegidos, o questionário da Polícia Federal mostra a situação cada vez mais precária do próprio presidente.” Conforme PML, “execrado pela imensa maioria dos brasileiros, que por mais de 80% pedem sua saída do governo, Temer enfrenta o abandono da republica jurídica-midiática responsável pelo golpe que o levou ao Planalto, que já abandonou a exótica tese de separação das contas de campanha para cobrar, em tom de exigência, que seja cassado no TSE”

Fonte: Temer no bunker | Brasil 24/7