Aluguel residencial novo sobe 8% na cidade de São Paulo

Os contratos de aluguel residencial firmados em abril na cidade de São Paulo subiram 8% em 12 meses, de acordo com pesquisa do Secovi-SP (Sindicato da Habitação). O percentual é maior que os 6,5% da inflação oficial do período, medida pelo IPCA (Índice de Preços ao Consumidor Amplo). A alta do aluguel também ficou maior que a variação do IGP-M (Índice Geral de Preços-Mercado), da Fundação Getúlio Vargas, de 7,3%. O IGP-M serve de referência para o reajuste da maioria dos contratos de aluguel. Na comparação de abril com março, a alta dos contratos de aluguel fechados em abril foi de 1%.